Feng Shui – Arte ou ciência ?

por Valéria Avallone – Consultora de Feng Shui e terapeuta radiestesista (ver currículo).

Apesar de já existir a milênios, ainda há muita confusão com relação ao Feng Shui e suas várias linhas de pensamento, e por esse motivo, a maioria das pessoas acredita ser apenas decoração de ambientes.
Na realidade o Feng Shui é um conjunto de técnicas que os antigos chineses usavam para definir a estrutura dos Impérios, suas ruas, sua arquitetura, suas cidades e sua agricultura.
Estudando a história da China, é possível observar que os mestres antigos usavam a geografia, a astronomia, as astrologias e as direções dos ventos, como técnicas para aconselhar os Imperadores na construção das cidades.
O objetivo era manter o Império protegido e próspero.
O Feng Shui que conhecemos hoje, na verdade, é produto da sabedoria de uma antiga sociedade agrícola que evoluiu com os milênios.
Esse é um dos motivos pelo qual o povo chinês antigo se via como parte da Natureza e não como seu conquistador.
Mesmo tão diferentes de nossa realidade, muitas dessas percepções e informações da antiga China, evoluíram e foram aos poucos sendo codificadas em um grande sistema formado por várias técnicas chamado de Kan Yu (Céu e Terra), e mais tarde, de Feng Shui (Vento e Água).

Atualmente o Feng Shui se expandiu para o mundo através de várias linhas ou “Escolas“ diferentes como a Escola do Chapéu Preto e a Escola da Bússola (Feng Shui Clássico), por exemplo.
Algumas “escolas” mais simples e menos abrangentes seguindo os mestres mais populares, e outras mais especializadas e aprofundadas que são ensinadas por poucos.
Independente da “escola” adotada, a maioria dos estudiosos concorda que o Feng Shui tal como o conhecemos hoje em dia, possui mais de 6.000 anos de existência, apesar de que alguns especialistas afirmam que esse conjunto de técnicas existe há mais de 15.000 anos no oriente.

Com essa breve explicação, podemos afirmar que o Feng Shui não é mágico e não tem a capacidade para resolver tudo. Além disso, os imóveis são diferentes, as pessoas e seus conteúdos emocionais também.
Porém, as várias técnicas desse milenar sistema chamado Feng Shui, com certeza podem contribuir para que tenhamos uma vida mais harmônica em nosso local de trabalho, nossa residência, com nossa família, e em especial, com nós mesmos.
Quanto mais estudamos, percebemos que apesar de também ter o objetivo de tornar o espaço que habitamos mais bonito aos nossos olhos, as técnicas do Feng Shui são muito mais do que possamos ter ouvido falar !