Florais da Mata Atlântica

por Rita Balestrin - Terapeuta floral (ver currículo).

Na década de 1930, o Dr. Edward Bach na Inglaterra publicou os primeiros estudos sobre essências florais e mostrou ao mundo que cada flor tem qualidades vibracionais únicas, sendo poderosas auxiliares para nosso desenvolvimento emocional.

Em uma análise química, a essência floral e vibracional é simplesmente água conservada em álcool. Não contém nenhuma substância da planta a partir da qual é feita, mas sim sua informação energética, sua força de vida.

Quando tomamos em gotas, utilizamos um spray com as essências ou em inseridas em cosméticos, elas agem em nosso organismo em níveis além do físico. Sua frequência energética vibra e interage com as frequências de nosso corpo, restaurando o equilíbrio das nossas emoções.

Atualmente existem inúmeros sistemas florais, dentre eles as essências da MATA  ATLÂNTICA com destaque para o SISTEMA DE ARARÊTAMA.

Sandra Epstein, começou seu trabalho de investigação no Brasil em 1989 seguindo o chamado da Mata Atlântica e entrando em um longo processo de observação.

Com o tempo, foi capaz de perceber e entender a sabedoria ecológica dessa mata que se reflete nas formas micro e macro, se entrelaçando em suas numerosas espécies em uma trama única de biodiversidade riquíssima.

Ao preparar essências de árvores e cipós vigorosos, de líquenes e bromélias, trabalhou sem cortar plantas, capturando suas qualidades dentro de seu ambiente original da interligação completa com a terra.

Os florais Ararêtama são formados por várias essências florais com a finalidade de expandir a consciência do indivíduo e proporcionar-lhe autoconhecimento e equilíbrio por uma linha de produtos terapêuticos.

Têm como objetivo trabalhar os sintomas e causas das emoções estagnadas, deficientes, excessivas ou desconhecidas, trazendo bem-estar e equilíbrio, atuando diretamente através do corpo.

Atualmente esse sistema floral está presente nas atividades curriculares de duas escolas na República Tcheca, que levam para as crianças a mensagem de cooperação e sustentabilidade, aprendendo com as plantas da Mata Atlântica ​​e suas qualidades terapêuticas.

Organizadas por sintomas, as fórmulas terapêuticas abaixo, exemplificam a atuação dessas essências, sendo desenvolvidas especialmente pela Ararêtama:

  • Abandono: Seiva, Assá e Oyamã
  • Abuso sexual: Assá, Indaiá e Tassi
  • Agressividade: Moara, Assá e Indaiá
  • Ansiedade/angústia: Thini-á, Mamoã e Imbe
  • Aprendizagem lenta: Ararybá, Renascer e Obaiti
  • Arrogância: Moara, Bromélia 2 e Indaiá
  • Baixa resistência: Pyatã, Embó Rudá e Noronha
  • Comunicação: Celebração, Suri, Jumping Child, Imbe, Field
  • Dependência emocional: Oyamã, Eloah e Pyatã
  • Depressão: Oyamã, Assá e Cajá
  • Tristeza e privação: Caju, Marupiara e Tauá
  • Dependência química (álcool, drogas psiquiátricas, fumo): Tassi, Ararybá e Obaiti
  • Desmotivação: Tauá, Caju e Ybá
  • Dificuldade de meditar: Imbe, Bromélia 1 e Mamoã
  • Dispersividade: Obaiti, Ararybá e Eloah
  • Dúvidas e conflitos: Bromélia 2, Obaiti e Soberania
  • Emergência – acidentes e traumas: Rudá, Cajá
  • Excesso de energia: Imbe, Thini-á e Mamoã
  • Excesso de materialismo: Thini-á, Moara e Bromélia 2
  • Falta de foco: Obaiti, Imbe e Ararybá
  • Hiperatividade: Imbe, Obaiti e Mamoã
  • Hipersensibilidade e vulnerabilidade: Tassi, Ararybá e Embo-rudá
  • Impotência e baixo tônus sexual: Kundalini, Ybá e Embó-Rudá
  • Indecisão: Obaiti, Renascer e Uirá
  • Indiferença/frieza: Moara, Suri e Bromélia 1
  • Inquietação: Imbe, Obaiti e Thini-á
  • Insônia: Imbe, Mamoã e Thini-á
  • Irresponsabilidade: Soberania, Oyamã e Eloah
  • Medos: Caju, Pyatã e Cajá
  • Melancolia: Jumping Child, Soberania e Suri
  • Menopausa e Andropausa: Caju, Embó-Rudá e Eloah
  • Mudanças: Renascer, Yatê e Soberania
  • Obesidade/anorexia: Deli, Soberania e Marupiara
  • Pânico: Imbe, Ararybá e Pyatã
  • Parto: Bromélia 1, Renascer e Thini-á
  • Perda súbita de vitalidade: Pyatã, Caju e Oyamã
  • Pós-cirúrgicos: Rudá, Assá e Pyatã
  • Pré-cirúrgicos: Rudá, Thini-á e Noronha
  • Raiva: Assá, Moara e Thini-á
  • Repetição de erros: Renascer, Obaiti e Eloah
  • Rigidez: Thini-á, Bromélia 1 e Moara
  • Sentimentos de estagnação: Marupiara, Renascer e Yatê
  • Tristeza: Jumping Child, Embó Rudá e Cajú