Gripe …. Você está vulnerável ?

por Valéria Avallone – Consultora de Feng Shui e terapeuta radiestesista (ver currículo).

Perceba essa associação: Vírus Influenza = Influência = ser influenciável pelo meio, pelo que acontece ao seu redor!
Pesquisando na internet e agregando informações de artigos lidos, considerei muito interessante a “coincidência” de que ao observarmos os períodos nos quais as gripes que assolaram o mundo aconteceram, na maioria dos casos houve uma crise que abalou emocionalmente ou financeiramente toda a população.
Vamos a alguns exemplos:
1) Gripe Espanhola em 1918 após final da 1ª Guerra Mundial;
2) Em 1933 houve um surto ligeiro de gripe após a queda da bolsa de valores em 1929;
3) A Gripe Asiática em 1957 precedida pelo Pacto de Varsóvia em 1956 que gerou temor de uma Guerra Mundial;
4) A Gripe Hong Kong em 1968 na época da Guerra do Vietnã sob ameaça de início de uma Guerra Mundial;
5) A Gripe Aviária em 2004 precedida pelo atentado de 11/09/2001 às Torres Gêmeas;
6) A Gripe Suína agora em 2009 precedida pela Crise Financeira Mundial.

Coincidência ou não, as gripes citadas e que assustaram o mundo, aconteceram imediatamente após um grande abalo emocional, financeiro ou psicológico da população.
Quando a gente adoece por qualquer motivo que seja, sempre é por causa de algum tipo de vulnerabilidade, seja ela física, psicológica ou mesmo energética. É o que chamo de “brechas”.
Se pensarmos bem, perceberemos que temos um conceito muito limitado para definir se estamos ou não saudáveis. Normalmente nos baseamos apenas na parte física, considerando que estamos saudáveis se vamos ao trabalho, se as crianças estão comendo e dormindo bem, e em especial, se nenhuma dor, sangramento, incômodo ou nódulo existe no nosso corpo.

Se nosso corpo não demonstrar de forma bem clara que estamos vulneráveis e em muitos casos até já doentes, o ser humano na sua grande maioria não presta a menor atenção em sua saúde.
É passada a hora de reformularmos esse conceito, já que ser saudável não se limita a estar aparentemente bem fisicamente. O que é então ser saudável se não é apenas a saúde física ?
Citando a O.M.S. (Organização Mundial da Saúde), temos sete saúdes básicas, sete áreas da vida humana que precisam estar totalmente harmônicas para que o indivíduo possa realmente se considerar saudável. As sete saúdes são:
1ª – saúde física: Estar saudável fisicamente inclusive fazendo exames preventivos. Devemos lembrar dos exames que ainda passam por preconceitos como o da próstata, por exemplo.
2ª – saúde intelectual: Já parou para pensar que não basta ter sonhos sem ter foco e um planejamento realista de como fazer acontecer ? Ficar só no sonho também não vai ser saudável para você. Quando se tem um objetivo tem que planejar de forma sensata para que se mova em direção a concretização de seu sonho sem frustrações desnecessárias.
3ª – saúde profissional: Que profissional você quer ser ou é ? Está feliz no que está fazendo ?
Há muita gente que está trabalhando porque precisa do salário para sobreviver, mas de forma infeliz no que está fazendo. Muitas vezes tem medo de buscar outro trabalho que não necessariamente lhe dará o retorno financeiro que de imediato o emprego atual lhe fornece.
4ª – saúde financeira: Temos que ter em mente que ter ambição é saudável. Ambição na medida certa com ética sem prejudicar o outro é saudável. Se não tiver ambição não vai estudar, não vai buscar empregos novos, não vai querer crescer na vida. Geramos uma crença de que ter ambição é indigno, e não é bem assim. Você precisa de dinheiro para viver com tranquilidade e inclusive não ter preocupações desnecessárias que abalem sua saúde física. Ter dinheiro de uma forma saudável também contribui para que seu sistema imunológico fique em equilíbrio.
5ª – saúde familiar: O ser humano é um ser sociável. A sociedade, a cidade, é feita de famílias. Se a família não é bem estruturada, harmônica e embasada no respeito ao indivíduo, haverá brechas emocionais como carências e revoltas, por exemplo, que podem abalar sua saúde física.
6ª – saúde social: Caridade, amor ao próximo e solidariedade são importantes, tanto é que se cada um fizer um pouco pelos menos afortunados, há a possibilidade de elevar o nível da nossa sociedade em termos de saúde e bem estar. É prestar atenção na saúde social por este aspecto, melhorando a saúde da sociedade como um todo, mas sem deixar sua própria família em segundo plano.
7ª – saúde espiritual: Não dá para negar que existe algo além da matéria tendo esperança e consciência de que você não está nessa vida por acaso. Precisa evoluir, aprender, se melhorar como ser humano independe da religião, mas tendo ao menos uma religiosidade pessoal.
Sem fé na vida, poderá desenvolver quadros depressivos, por exemplo.

Tendo todas essas sete saúdes em harmonia, você pode se considerar saudável e passa a não ficar vulnerável às influências negativas que podem estar acontecendo no mundo ou até mesmo em sua própria cidade.
Qualquer uma das sete saúdes em desequilíbrio pode abrir brechas que te desestabilizam afetando imediatamente seu sistema imunológico. A consequência é clara: possibilidade de doenças.
O ser humano é um ser completo. Somos corpo, mente e espírito e temos que cuidar do todo para sermos saudáveis. Se uma das partes desse triângulo se desequilibra, desestabiliza o indivíduo.
Toda vez que o ser humano passa por um desequilíbrio emocional e até mesmo financeiro, pode gerar uma queda na imunidade. Se voltarmos às sete saúdes básicas descritas pela OMS, qualquer abalo ou crenças negativas pode deixar o ser humano doente.
Claro que devemos estar atentos à situação e evolução da gripe atual, mas não nos esqueçamos de que apenas desenvolvemos doenças quando o triângulo (corpo, mente, espírito) se desequilibra.
O mais importante de tudo isso, é compreendermos que cuidando das sete saúdes básicas, podemos mudar nossa atitude perante a vida evitando sermos tão influenciados pelo que acontece ao nosso redor.

Pensando e nos mobilizando dessa forma, conseguiremos ser fortes internamente, sem medo do futuro, fazendo com que nossa vida flua em harmonia com nossos sonhos, desejos e ambições !